Bem-estar animal em ILPF vai além do conforto térmico

Fonte: Embrapa. 


Sistemas de integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) proporcionam bem-estar animal. Geralmente, esse conceito está atrelado ao conforto térmico proporcionado pela sombra das árvores, favorecendo a redução da temperatura corporal dos animais. No entanto, o bem-estar relacionado à integração vai muito além do conforto térmico.


De acordo com o pesquisador Alexandre Rossetto Garcia, da Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos – SP), quando um pecuarista decide implantar ILPF, ele necessita de planejamento. Ele precisa planejar melhor as cercas, que geralmente são lisas ou elétricas, e pensar na disposição mais adequada dos bebedouros e dos cochos de sal, na qualidade da pastagem e em contratar mão de obra qualificada para lidar com os sistemas e com os animais. Cada passo deve ser planejado e isso afeta a qualidade de vida dos animais.


O bem-estar animal também tem impacto direto na produtividade, com ganhos na produção de carne e leite. “O animal, ao se manter em uma condição de conforto térmico, gasta menos energia para fazer termorregulação corpórea e, portanto, dedica mais energia para a produção e ganha em produtividade”, conta Garcia.


O pesquisador participa como moderador da mesa redonda "O animal no sistema ILPF" durante o VI Simpósio de ILPF do Estado de São Paulo, que ocorre nos dias 19 e 20 de novembro, pelo canal do Youtube da Embrapa. Além de Garcia, participam do evento William Marchio, consultor da Criatec, e os pesquisadores Bruno Carneiro e Pedreira e Fabiana Villa Alves, da Embrapa.


Marchio vai abordar a importância da ILPF como fator de mudanças nas propriedades com a implementação de práticas sustentáveis de produção agropecuária, melhorando a geração de renda desses produtores. “A sustentabilidade passou a ser a maior pressão sobre os pecuaristas. Discutir estratégias de implantação dessas tecnologias passa a ser imperativo para eles”, ressalta o consultor.


Bruno Carneiro vai destacar o desempenho produtivo dos animais criados sistemas integrados. Suas pesquisas indicam que a ILPF tem efeito significativo sobre o desempenho produtivo e reprodutivo pela condição mais saudável do ambiente para os animais e pelos ganhos relativos ao bem-estar e conforto animal.


Fabiana Villa vai trazer o conceito de conforto animal e sua influência na produtividade pecuária. Para a pesquisadora, o consumidor está cada vez mais exigente, em busca de um produto social e ambientalmente justo e sustentável. Durante sua apresentação, ela vai salientar além do bem-estar animal, a importância econômica do conforto térmico em relação a índices produtivos e reprodutivos dos rebanhos.


O VI Simpósio de ILPF do Estado de São Paulo está com as inscrições abertas. Confira a programação aqui. A realização é da Embrapa Pecuária Sudeste e da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ/USP).


O evento será on-line, das 16h às 19h, pelo canal da Embrapa no YouTube.


Serviço


VI Simpósio de ILPF do Estado de São Paulo
Data: 19 e 20 de novembro
Horário: 16h às 19h
Canal da Embrapa no YouTube
Inscrição e mais informações aqui.



Texto e foto: Gisele Rosso (Mtb 3091/PR) / Embrapa Pecuária Sudeste

Publicado: 30/10/2020 por COOASAVI

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER!