Ministério da Agricultura estima Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) em R$ 1.1 trilhão

Fonte: Mapa. 


O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) estimou o Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) para 2021 em R$ 1.11 trilhão. O resultado recorde, obtido a partir de novos cálculos realizados em maio, é 11,8% superior ao de 2020, que foi de R$ 993.9 bilhões.


O crescimento, a exemplo de projeções anteriores, pode ser atribuído, segundo o Mapa, “ao excepcional desempenho das exportações de soja e carnes, aos preços favoráveis e à expressiva safra de grãos, apesar da ocorrência de problemas relacionados à falta de chuvas”.


O VBP das lavouras foi estimado em R$ 765.4 milhões em 2021, com crescimento de 15,8% em relação a 2020 (R$ 660.8 bilhões). Ao lado da pecuária, as lavouras obtiveram em 2021 o valor mais elevado em 32 anos.


Os maiores acréscimos do VBP foram verificados na produção de soja (31,9%, que deverá registrar R$ 366.8 bilhões), milho (20,3%, para R$ 136.5 bilhões), trigo (35,1%, para R$ 12.5 bilhões) e arroz (5,7%, para R$ 20.8 bilhões). Com crescimento mais modesto, cana-de-açúcar (1,70%) e cacau (1,40%) também mereceram destaque.


Por outro lado, o Mapa estimou quedas para algodão (0,30%, para R$ 25.9 bilhões), café (17,70%, para R$ 32.9 bilhões), banana (1,80%, para R$ 13.4 bilhões), mandioca (2,90%, para R$ 11.7 bilhões), feijão (5,10%, para R$ 14.4 bilhões), tomate (20,70%, para R$ 10.1 bilhões), entre outros produtos.


Segundo o coordenador de Avaliação de Políticas e Informação da Secretaria de Política Agrícola do Mapa, José Garcia Gasques, as baixas ocorrem devido a efeitos de menores preços ou de menores quantidades produzidas.


Pecuária


Com relação às principais cadeias da pecuária, o ministério aumentou sua projeção para o VBP para R$ 345.7 milhões. O crescimento é de 3,80% em relação a 2020 (R$ 333 bilhões).


Os bovinos encabeçam o segmento, com o VBP totalizando R$ 153.9 bilhões este ano, 7,60% acima de 2020. Para o frango, a projeção é de alta de de 4,80%, com R$ 94.8 bilhões. Já para os suínos, o valor é de R$ 30.4 bilhões, com queda de 3,80%.


Além disso, o Mapa estimou quedas para o leite (0,30%, para R$ 49.3 bilhões) e os ovos (6,50%, para R$ 17.3 bilhões).


Regiões


No ranking regional do VBP, Mato Grosso continua mostrando liderança, com participação de 17,2% no valor, seguido por Paraná (13,2%), São Paulo (11,2%), Rio Grande do Sul (10,8%), e Minas Gerais (10%).


Acesse aqui o VPB na íntegra.




Publicado: 16/06/2021 por COOASAVI

ASSINE NOSSA
NEWSLETTER!